Metodologias de desenvolvimento de software: conheça as 6 principais

metodologia de desenvolvimento de software: pessoas reunidas em torno de uma mesa trabalhando em seus laptops com desenvolvimento de software

Cada software possui características e singularidades distintas que devem atender como propósito. O desenvolvimento de software segue a mesma lógica, sendo necessário a utilização de uma metodologia diferente para atender a complexidade de cada tipo de sistema, portanto a escolha da metodologia correta faz toda a diferença para que o projeto e o sistema desenvolvido seja bem sucedido.

Neste artigo te contaremos quais são as 6 principais metodologias de desenvolvimento de software.

metodologia de desenvolvimento de software: pessoas reunidas em torno de uma mesa trabalhando em seus laptops com desenvolvimento de software
Foto por Annie Spratt

Principais metodologias de desenvolvimento de software

As 6 principais metodologias de desenvolvimento de software, são:

  • Cascata (Waterfall)
  • Desenvolvimento Ágil
  • Scrum
  • Lean
  • DevOps
  • Kanban

Cascata (Waterfall)

Se tratando da mais tradicional e simples metodologia de desenvolvimento de software, falamos sobre a Cascata.

Descrita originalmente pelo cientista de computação dos Estados Unidos, Winston Royce. Apresentou uma metodologia extremamente rigorosa de controle e processos lineares que são divididos em cinco etapas:

  1. Definição e análise de requisitos;
  2. Design do projeto;
  3. Implementação;
  4. Verificação;
  5. Manutenção.

Devido a esses cinco processos seguidos rigorosamente e só podendo seguir adiante para a próxima etapa quando a anterior for concluída, por conta da execução das etapas de desenvolvimento serem sempre linear e gradual o nome cascata é dado.

 

Entretanto, por ser uma metodologia ortodoxa, o Waterfall tem alguns problemas. Um exemplo disso, é caso os clientes não estejam cientes de todos os requisitos do software em sua fase inicial, levando a consequentes sessões de trabalho e aumentando o tempo e custo do desenvolvimento. Outro exemplo, pode ser dado durante a fase de design do projeto, na qual os membros da equipe podem ter dificuldades em compreender todas as possíveis complicações.

Para evitar esse processo de revisão do projeto, empresas tem dado preferência a prosseguir com um design que desconsidere novos requisitos ou restrições descobertas durante o processo de desenvolvimento. É o caso do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, que já demonstraram desinteresse na metodologia cascata, adotando atualmente processos de desenvolvimento iterativos e evolutivos, a exemplo das Metodologias Ágeis.

Desenvolvimento Ágil

Nesta metodologia de desenvolvimento de software, temos como foco principal o projeto ou produto. Baseado em feedbacks recebidos pelos usuários, clientes ou até mesmo pela equipe de produção, foca em constantes realizações de melhorias e alterações sempre que necessário, bem diferente do modo cascata que tenta prever e projetar o projeto completo.

Não contendo nenhuma estrutura rígida e necessitando desses feedbacks para que os resultados esperados aconteçam de forma eficiente e rápida, o processo de desenvolvimento é feito através de curtos períodos. Se tornando assim um processo adaptativo, flexível e contínuo.

O maior beneficio é o fato de que qualquer eventual problema do software pode ser corrigido ainda em seu estágio inicial, o que garante mais qualidade logo em suas primeiras versões do sistema.

Por conta dessa metodologia adaptativa, flexível e eficiente, o desenvolvimento ágil se tornou popular na área de TI, o que acabou inspirando diversos novas adaptações desta estrutura. Alguns dos mais conhecidos são, Lean, Scrum, Extreme Programming e o DevOps.

Scrum

Funcionando como uma etapa adicional da metodologia de Desenvolvimento Ágil, temos o método Scrum, que tem como foco dar mais produtividade aos processos.

Desenvolvido para equipes menores, torna possível acompanhar as execuções de cada atividade, podendo assim realizar desvios de curso, seja para otimizar o uso de recursos ou para cuidar de algum imprevisto que surgiu durante o desenvolvimento. Isso é possível, pelo fato do método Scrum possuir entre seus diversos recursos, criação de listas sobre os trabalhos pendentes, reuniões diárias para discutir sobre o projeto, sessões de planejamento e reflexões sobre os meios de resoluções adotados anteriormente.

O grande diferencial deste método de desenvolvimento de software está justamente na capacidade da equipe em identificar e corrigir eventuais problemas, sempre de maneira ágil e orientada no processo de desenvolvimento.

Lean

Com seu surgimento na indústria e adaptada para o mercado de software após o Desenvolvimento Ágil se tornar popular, temos a metodologia Lean. O conceito de Lean se trata do desenvolvimento de software focado na diminuição de suas perdas e focando no valor final gerado para o cliente. De modo geral, isso significa que, se determinada ação vale a pena, ela deve ser realizada. Caso contrário deve ser removida, tornando o método a melhor opção para projetos com orçamento limitado ou pouco tempo para realização.

A metodologia de desenvolvimento de software Lean segue o padrão de que todo projeto deve ser avaliado e examinado cuidadosamente em seu estágio inicial, retirando as etapas que podem comprometer o tempo ou recursos para sua realização. O Feedback recebido é de extrema importância nesse estágio.

DevOps

Combinando um conjunto de práticas adotadas entre o desenvolvimento de software (Dev) com operações de TI (Ops), tem como principal objetivo reduzir os ciclos de desenvolvimento e entregar continuamente softwares de alta qualidade, utilizando diversos fundamentos inspirados no Lean e no Desenvolvimento Ágil.

O que torna a métodologia DevOps uma das principais em evidencia é o fato dela fazer com que os diferentes grupos trabalhem com coesão. Por isso, o processo de implantação do DevOps tem como foco mudanças organizacionais que estimulem a colaboração entre as diferentes equipes da empresa.

Outro grande fator que fez com que diversas equipes aderissem a metodologia, é o fato de que é um framework bastante flexível, sendo feito por engenheiros de software e para engenheiros de software.

Kanban

Quando se trata de equipes que recebem uma grande quantidade de pedidos, com diversas variantes de termos, tamanhos e prioridades, a melhor opção é o desenvolvimento Kanban. O método permite que haja uma melhor visualização do trabalho e cada limitação em andamento, podendo mudar com agilidade os processos em realização.

O que acontece é que as atualizações são liberadas assim que prontas, sem a necessidade de uma contínua programação com datas de vencimento. Sendo assim, não existem períodos fixos para as entregas das tarefas, elas são lançadas assim que prontas independente de atrasos ou antecedência no projeto.

Por se tratar da metodologia mais flexível, é geralmente adotada para sistemas com muitos requisitos de alterações, viabilizando um método de controle que garante o acompanhamento e constantes atualizações pelos desenvolvedores.

desenvolvimento de software: 3 pessoas trabalhando em seus computadores
Foto por Unsplash

 

Agora que você conhece os principais métodos de desenvolvimento de software pode ver que não existe um bom ou ruim. Tudo se trata de qual se encaixa melhor ao projeto do cliente. Você pode checar inclusive  Templates grátis disponíveis para gerenciar e monitorar cada fase de desenvolvimento do seu software.

 

 

 

 

 

 

One thought on “Metodologias de desenvolvimento de software: conheça as 6 principais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *